terça-feira, 29 de março de 2011

Cirque Du Rock 'N' Roll Freak


(Imagem meramente ilustrativa, este post não tem a intenção de relatar as eleições 2010 ou falar sobre o parlamento brasileiro, não se preocupem. )



Gente, aqui vai um post sobre os malucos (isso porque devem ser muito chapados mesmo) amados por muitos, mas também, odiados por tantos, mas que de qualquer maneira vem fazendo história no mundo Rock. Porém, de maneira nada convencional... fazendo esquisitisses que nenhum ser humano normal (destacando que isso não inclui "pessoas" como a Xuxa, Sérgio Mallandro, Chimbinha...) seria capaz de fazer, pelo menos não sem um entorpecentezinho básico..rs... enfim... e já que o que não falta é bizarrice, fiz um Top 10 com elas, e aí vai:


#10#

The Beatles

Não que os Beatles sejam (apenas) os décimos melhores em alguma coisa, porém, comparados ao restante da lista, o feito deles foi totalmente decente e banal. Em 1966, antes de receberem da rainha da Inglaterra a medalha da Ordem do Império Britânico - uma honra destinada apenas a cientistas, aristocratas, militares... Nossos ídolos headbangers resolveram ir ao banheiro e puxar um baseadinho maneiro, só pra relaxar (crianças, não repitam isso em casa sem a supervisão de um adulto responsável ¬¬). Anos mais tarde, George negou o episódio, mas Ringo afirmou que não se lembrava de muita coisa porque estava doidão... kkk!


#9#



Nick Cave

Conhecido pelas letras sobre amor, morte, religião e violência, o australiano líder das bandas Birthday Party e Bad Seeds, se enchia de heroína por volta dos anos 80. Em um de seus piores momentos, Cave foi visto no metrô de Londres, esguio como um gafanhoto, escrevendo uma carta e usando como caneta uma seringa cheia de sangue. Será que ele tava doidão? Vai ver a caneta dele tava falhando...

#8#

Sid Vicious

Vicious, baixista dos Sex Pistols, certa vez numa festa, com o intuito de mostrar ser mais barra pesada que Dee Dee Ramones, que consumia drogas como se fosse água, pegou sua seringa, foi até o banheiro e misturou heroína com o conteúdo da privada e aplicou em si próprio. (É rir pra não chorar viu... mas também, com um nominho desses... tsc) (além do mais, olha a calinha tele xente... olha a calinha to abestaiatinho de mãe gente... ohh letardatinho maix fofo ti mãe xente!!!)

#7#

Marcelo Adnet (não)
Keith Moon

O Baterista da banda The Who, que só vivia chapadão (o que se confere na imagem acima), era metido a bomber man e se vestia de nazista, e saía explodindo privadas por aí (nosso homem-nitroglicerina). Durante um show, ele tava pra lá de Bagdá (mas agiu como se estivesse lá mesmo) e explodiu a própria bateria, causando danos à audição do guitarrista Pete.


#6#


Wendy O Williams

A maluca da Wendy, vocalista sa banda Plasmatics, já era conhecida por quebrar instrumentos ou qualquer outra coisa que tivesse ao seu alcance no palco, durante seus shows. Mas o que realmente chocava e fazia seus fãs irem ao delírio, era quando a criatura inventava de se masturbar no palco, no meio das músicas! (não, você não leu errado... ela se masturbava mesmo...) Depois de anos de doideira, ela se matou em 98.


#5#

Rammstein

Os shows e clipes desses alucinados é uma bizarrice à parte. Eles dizem que pelo fato do público não entenderem o que eles cantam, tentam compensar isso através das loucas performances. Utilizam a pirotecnia, incendiando a si próprios, Lindemann bate na própria cabeça com o microfone, se chicoteiam, e principalmente fazem apologia ao sexo. Chegam a levar vibradores ou dildos soltadores de fogo, ou que jorram um líquido branco (vai saber o que é), e encenar sexo entre si no palco. Sem falar dos clipes que eles chegam a exibir até sexo totalmente explícito.


#4#

Slipknot

Tá aí um bando de malucos que não poderia faltar nessa lista. Famosos pelo uso de máscaras assustadoras, porém o show deles vai muito além disso, pois é recheado de violência extrema!Essa galerinha leva um pequeno histórico de escoriações pelas suas estripolias no palco. Queimaduras de 3º grau por tacar fogo em si mesmos, costelas quebradas por se atirar no alambrado e no chão do palco, inúmeros hematomas por brigarem entre si durante o show, punhos fraturados por socar qualquer merda que virem pela frente, dores no pescoço de tanto chacoalhar a cabeça (classic), além de uma quantidade de pontos tão grande que você não conseguiria superá-los nem com o score de pinball!
Pra saber de tudo detalhado, dá uma olhada no link abaixo:
http://loucospormetal.musicblog.com.br/128722/Machucados-e-fraturas-Slipknot/


#3#

G. G. Allin

O afetado já é conhecido como o "sociopata do rock", então nada mais justo que estar aqui no terceiro lugar do nosso top. Allin já foi preso 52 vezes pelas suas performances (sim, 52, não foram cinco e nem duas, foram CINQUENTA E DUAS vezes!). O sujeito costumava cantar com o piu-piu de fora (como se alguém quisesse ver o pingulim dele... oh beleza...), batia na própria cabeça com o microfone (não só na cabeça), até ficar como na foto acima (isso é caso pro Dr. House), e defecava na platéia, chegando a jogar a merda nos fãs. E, obviamente, morreu de overdose (classic).

#2#

Marilyn Manson

Convenhamos que só a imagem dessa criatura já é um circo de horrores à parte, faz qualquer pestinha melar a cueca só de olhar pra ele (Bieber por exemplo). Como se já não bastasse a aparência em seus shows ele faz questão de fazer tudo que os mais loucos roqueiros já fizeram e mais um pouco. Ele se mutila com garrafas quebradas, destrói bíblias, usa a bandeira norte-americana na falta de papel higiênico, além de boatos de sacrifício de animais. E uma vez, durante uma apresentação do Nine Inch Nails ele e Trent Reznor teriam trocado orais em cima do palco. Dizem que sua lente de contato, não é na verdade, uma lente, mas sim um olho de vidro, pois uma vez ele tava muuuito chapado e resolveu derramar LSD líquido no próprio olho, ou furá-lo com a agulha (algo assim). (Essa história dele ter tirado costela pra se ch... é pura lorota) Porém, ele já fumou ossos humanos num cachimbo, e seu alter-ego satanista (doado ao capeta). E pra fechar com chave de (mer...) ouro, certa vez ele apostou que faria a maior loucura dentre os integrantes no palco... então, um deles cagou no chão, daí Manson colocou o guardanapo empunhou os talheres, e mandou brasa! Nhac! Dilícia pura!


#1#
Ozzy Osbourne

Tá aí um maluco que não podia faltar! E acho que nem precisa dizer o que ele fez, né?Além de suas frases nas entrevistas ficarem famosas por chocar a todos (sendo a última delas: "Who the fuck is Justin Bieber?!!" hahahah...). Porém o que chocou o mundo e fez (eu diria) até mais fama que a própria música dele e da Black Sabbath foi o fato dele ter comido a cabeça de um morcego durante o show:



Ops...!!! Imagem errada...! Essa é a correta:


Bem, o morcego foi jogado no palco por um fã, e segundo relatos do próprio Ozzy, ele havia pensado que era na verdade um brinquedo, pois estava muito parado e parecia de borracha, e que ele só percebeu que não era após ter colocado na boca (quando o morcego começou a balançar as asinhas). Mas o fato é que ele arrancou a cabeça do morcego. E como esse é o clássico dos clássicos das loucuras do Rock 'N' Roll não merece nada menos que o primeiro lugar!
Esse foi o melhor video que eu encontrei, apertem o play:

video





"Tentei tirar rápido demais e a cabeça saiu. Ele era crocante e quentinho. Como o Ronald McDonald's".
(Ozzy Osbourne)
Huuuuuumm!! Devia ser gostoso...! (acho que ele quis comparar com o hambúrguer e não com o palhaço)

"A boca dele era quentinha, molhada e tinha um bafo esquisito..."
(Ronald McDonald)

Resposta do Ozzy:
A verdade é que o nosso imortal (não é uma expressão) Ozzy tava chapado demais pra perceber que era um bicho de verdade. Mas ele já fez várias outras loucuras, como cheirar uma carreira de formigas como se fossem cocaína, urinar num importante monumento americano, entre outros. Além de seu código genético estar sendo mapeado por cientistas para que possam entender como ele resistiu a uma vida tão desregrada (cheio de drogas e o diabo a 4) e permanecer vivo e com saúde razoável.

Vai um video aí dele zoando (substituindo sua estátua de cera num museu) com os fãs ao som de "Let Me Hear You Scream", dêem uma olhada que é divertido:

video

E, é isso aí...!!! Dá uma comentadazinha aí, ou o Ozzy vai te decapitar a dentadas hein! (hehehe)
Se achou que algum rockstar foi injustiçado por NÃO estar na lista, é só dizer...


sexta-feira, 25 de março de 2011

The best band ever


Aaah os Beatles, para alguns a maior banda de rock que já existiu (e quando digo alguns eu quero dizer todos), quem não gostar de pelo menos uma música deles levanta a mão (ou comenta, se preferir). Bem, deixando de papo sobre quem gosta e quem não, vamos falar dos próprios.

Não tenho como objetivo fazer uma biografia completa deles aqui, e nem tem como eu fazer isso. Mas eu meio que sinto que tenho que situar um pouco as pessoas sem cultura (estou falando da cultura estrangeira mesmo) do nosso país...

Tudo começou nos anos 50, quando todo mundo ouvia o rock'n'roll americano. Os discos, de rock, blues e tal, vinham para Liverpool de navio. Assim que os então adolescentes John, Paul, George e Ringo se mantinham informados acerca da música Norte-Americana.

John Lennon já tinha uma banda chamada The Quarrymen em sua escola (Quarry Bank Grammar School), e em um show da banda, Paul McCartney conheceu John Lennon lá e passou a fazer parte da banda.

Mais tarde, Paul trouxe George Harrison e com o tempo a banda mudou o nome para The Silver Beatles, e mais tarde para apenas Beatles, sendo que todos os três tocavam guitarra. No começo da década de 60, houve a entrada de um amigo de John, Stu Sutcliffe no baixo e depois o baterista Pete Best também entrou na banda.

Paul quando ainda não tinha cara de homem (segundo Patrick).

Nesta formação, tocaram em Hamburgo, na Alemanha. Lá, o Stu largou o grupo e Paul passou a ser o baixista da banda. De volta à Liverpool, passaram a tocar no pub Cavern Club, onde Brian Epstein, que gerenciava lojas de discos, foi conhecê-los, pois eles já estavam com uma certa fama local e já tinham um compacto gravado em Hamburgo, com o cantor Tony Sheridan.

Brian Epstein passou então a empresariar o grupo, melhorando a imagem dos rapazes e saindo à caça de uma gravadora. Depois de algumas recusas, conseguiu com que George Martin, produtor musical da Parlophone, contratasse os rapazes.


E em 1962 substituíram o Pete Best pelo baterista Ringo Starr. Assim, a formação definitiva da banda estava pronta. Gravaram então os singles Love me Do e P.S. I Love You e não pararam mais de lançar um hit atrás do outro. O resto todo mundo conhece.

The Beatles

The Other Guys

E a pergunta que não quer calar é: (Essa é a pergunta de quem não é fã deles)

Por que os Beatles acabaram?
Resposta: Por causa da declaração dada por Lennon...

E as verdadeiras perguntas que não querem calar são:

Por que diabos John foi falar que os Beatles estavam mais famosos que Jesus?
Ele não sabia que a maior parte do mundo é cristã?
Ele fez isso de propósito para acabar com o sucesso da banda?

Eu realmente acho que eles eram famosos, mas o máximo que eu me imagino fazendo pra provar isso é se alguém me perguntasse:


Você não acha que os Beatles fizeram mais sucesso do que “the get up kids”, acha?

Depois dessa pergunta as únicas perguntas dele seriam:

Por que você fez isso comigo? Por que eu?

(nada contra a banda The Get Up Kids e seus fãs emo, se quiserem “abrir seu coração” em um comentário me criticando, tudo bem. Mas fica a dica de não chorar em cima do PC)

Enfim, as perguntas feitas lá em cima (todas elas, inclusive essas mais recentes) nunca serão respondidas, não por mim. Esse post acabou mas fiquem à vontade com suas teorias da conspiração...

Ps. Enquanto eu escrevia essa postagem estava passando Stuart Little na TV (isso mesmo, Stuart Little), e ao fundo tocava uma música dos Beatles.
Ps. 2 Não tenho nada contra Stuart Little, pelo contrário, eu gostei até quando repetiu pela décima vez na Globo...


terça-feira, 22 de março de 2011

Filmes Sobre Bandas...

Quem é que não gosta de assistir à uma excelente e impactante produção cinematográfica contando a biografia de grandes bandas e artistas???
Pois esse é o assunto de hoje, vamos citar alguns filmes que contam a história de grandes bandas.
Abrimos com chave de ouro com o filme "The Doors" (1991), que conta a história da banda homônima:
É uma grande produção do diretor Oliver Stone, estrelando Val Kimer, no papel principal, como o grande Jim Morrison (RIP), vocalista da banda. Frank Whaley, Kevin Dillon, e Michael Madsen. E as atrizes Meg Ryan, Lisa Edelstein (Dr. House), e Mimi Rogers.

O filme dos nossos velhos amigos (sem trocadilhos), os Stones: "The Rolling Stones - Shine A Light" (2008):
Dessa vez, um documentário, obviamente estrelado pelos próprios Stones, conta também com a participação de Cristina Aguilera, e do próprio Scorcese, diretor do filme, e um consagrado diretor de Hollywood.


Mais um filme sobre os Stones, todavia, dessa vez o foco é outro. O filme fala sobre a conspiração da morte de Brian Jones, co-fundador dos Stones: "Stoned - A História Secreta Dos Rolling Stones" (2005):

Do diretor Stephen Woolley, seu elenco conta com Leo Gregory, Paddy Considine, David Morrissey, Ben Whishaw, Monet Mazure, e Tuva Novotny. O filme é regado a muito sexo, drogas e, é claro, Rock 'N' Roll, e envolto por muita trama e polêmica.


Um dos filmes mais recentes do gênero é "The Runaways" (2010), que conta a biografia da banda de mesmo nome. Uma das bandas femininas mais populares dos anos 70, com todas as integrantes entre os 16 e 18 anos de idade.


O filme é baseado no livro da vocalista Cherrie, "Neon Angel: The Cherie Currie Story", em que ela conta como foi sua experiência na banda. Da diretora Floria Sigismondi, o elenco conta com as gatas, Dakota Fanning, Kristen Stewart, Stella Maeve e Scott-Taylor Compton.



Agora vejamos o que temos pra esse ano...

Esse ano promete. E dessa vez é o Brasil que vai mostrar como é que se faz filmes biográficos sobre bandas! Uma dica:




Não, não é um filme sobre a banda Grizzly Bear... É sobre uma aspirante a banda que surgiu, e que tem a petulância de se entitular como uma banda de rock! O grupo é formado por andrógenos, e se inspirou no grupo Rouge. Adotou um estilo que tá suuuper em ascensão o estilo miguxos coloridos! Eles se vestem com roupas super coloridas, como azul piscina, laranja passion & lust, e rosa-choque, falam colorido (tem seu próprio dialeto colorido), e fazem clipes super coloridos. A essa altura vocês já devem saber de quem eu estou falando. Dá uma conferida aí:





OOOooooooooowww! É a banda Reistarte!! (sim, por que é assim que eles próprios pronunciam o nome da banda, Reis Tarte. Vai ver é alguma tentativa fracassada de serem reis de alguma coisa). Esse é o cartaz do filme das moças, digo, dos rapazes, aliás... isso ainda tô pra descobrir. Tá aí o cartaz dessa coisa:

(O cartaz tinha sido até devidamente amassado e jogado no lixo.
Mas algum afetado o encontrou e tornou a ideia realidade... ¬¬)



Quer dizer... Quem diabos eles pensam que são?!!!!!!! Os teletubbies???? Afinal, vejam só a semelhança:

Comparando as imagens, percebe-se que até as cores são praticamente as mesmas. Será essa a verdadeira inspiração deles? Será que o verdadeiro público-alvo deles é o infantil? Ao invés de garotinhas idiotas, que gostam de toda e qualquer modinha teen, além de se identificarem com caras que fazem escovinha, usam maquiagem, depilam o corpo inteiro, pegam roupas delas emprestadas e sabe-se lá o que mais esses caras fazem... (e "rapazes" que se identificam com a "levada" deles também)
Além disso pessoal, perceberam que o filme é 3D???? Olha só, o Brasil vai inaugurar o 3D com um filme que realmente vale a pena!!!(não) Sério, não percam seu dinheiro assistindo isso. Caso você seja um colorido alucinado, não gaste dinheiro extra com a sessão 3D... afinal, que efeito 3D esse filme vai ter? Porque os caras são tão magros e usam roupas tão coladas que nem eles próprios podem ser considerados tridimensionais... no máximo bi. (sem com trocadilho, e muito).
Mas pelo menos eles são unidos, veja:
Nossa..!!!. A aparência deles me dá medo. (Eeeeeww!)


Vejamos um trecho da letra de uma das músicas deles:

"
Levo" Comigo Restart

E eu quis escrever uma canção
Que pudesse te fazer sentir (sentir o que, porra???! Dor? Medo?? Vergonha???)
Pra mostrar que o meu coração
Ele só bate por ti

Como uma bela melodia pra dizer (Ele come melodias? Acho que quis dizer "com"...)
O que eu não consigo explicar
Como uma bela melodia pra você ver (Mais uma vez, o guloso em ação... rs)
Tudo o que eu queria te falar
E dizer que é você que pode me mudar,
que pode me salvar

Eu vou te esperar
aonde quer que eu vá
aonde quer que eu vá
te levo comigo





Com o perdão da palavra, mas que PORRA é essa????!!! Uma letra simples, ilógica, piegas e com rimas completamente primárias. Qualquer idiota com um lápis, um cérebro e noção do significado das palavras "sentimento" e "relacionamento" consegue escrever isso. E o refrão?!!! É uma cópia, no mínimo descarada de "Aonde Quer Que Eu Vá" - Os Paralamas Do Sucesso. E por último, mas não menos importante, a voz do vocalista da "banda", ou "a falta de"; A voz do cara é ridícula, por algum motivo desconhecido, alguém o convenceu de que ele poderia ser o vocalista da banda, e de tanto dizerem isso, ele acabou acreditando. Aí vem ele com sua voz de gralha adolescente cantando músicas Teenager's Piegas. O que, aliás, é marca registrada das bandas coloridas: adolescentes magrelos e cheios de espinhas, com calças rosa caindo até o joelho, cabelos escorrendo pela cara (o que tira 90 % de sua visão; talvez para evitar que se vejam no espelho), e se esgoelando para cantar músicas ridiculamente forçadas. Vejam o video do Comédia MTV que resume bem o que são as bandas coloridas:




video





Bem gente, o filme é um documentário do diretor Denis Mamioka (foi o mais próximo de mandioca que eles encontraram), com certeza um diretor renomado e mundialmente conhecido. A produção condensa cenas de bastidores de todos os trabalhos desenvolvidos até o momento, mostrando suas experiências pessoais e profissionais. A história vai misturar situações pessoais com ficcionais (o que resulta numa mistura exacerbada de frescurinha real, com frescura imaginada por cabeças coloridas mal desenvolvidas). Dêem uma última checada no visual deles:

Sinceramente, o que há de errado com os aparelhos bucais dessas crianças??? Será que tiveram algum tipo de derrame?? Ou sentem prazer em ridicularizar a si mesmos??? (Traduzindo: vocês já viram alguma estrela do rock tirar fotos fazendo biquinho e símbolo do rock 'n' roll?)


Bem, é isso aí galera! Espero que tenham gostado. Destacando que os nossos posts não tem como finalidade fomentar a homofobia. Qualquer semelhança com este fato é mera coincidência. De qualquer maneira... Deixem aí seu comentário e opinião! Valeu! ( Mas uma coisa eu não posso negar... olha como eles elas "isso" são fofuuuxoooss!!! Aaaahhh!!!):


segunda-feira, 21 de março de 2011

The Opening


E aí galera beleza?

O objetivo desse blog aqui, antes de tudo, é falar um pouco sobre o rock. Sua história, as notícias e até mesmo sobres as músicas. Nele irei postar desde cifras de músicas à letras (a tradução incluída) e críticas à determinados músicos que se dizem do rock, sem querer ofender as bandas emo nem as bandas coloridas (na verdade eu quero ofender mesmo) mas seu som pode ser tudo menos rock.
Para inaugurar o blog hoje nada mais justo do que falar da história dele, então vamos lá.

Origens do rock

Este gênero musical de grande sucesso surgiu nos Estados Unidos nos anos 50 (década de 1950). Inovador e diferente de tudo que já tinha ocorrido na música, o rock unia um ritmo rápido com pitadas de música negra do sul dos EUA e o country. Uma das características mais importantes do rock era o acompanhamento de guitarra elétrica, bateria e baixo. Com letras simples e um ritmo dançante, caiu rapidamente no gosto popular. Apareceu pela primeira vez num programa de rádio no estado de Ohio (EUA), no ano de 1951.

A rock na década de 1950 : primeiros passos

É a fase inicial deste estilo, ganhando a simpatia dos jovens que se identificavam com o estilo rebelde dos cantores e bandas. Surge nos EUA e espalha-se pelo mundo em pouco tempo. No ano de 1954, Bill Haley lança o grande sucesso Shake, Rattle and Roll. No ano seguinte, surge no cenário musical o rei do rock Elvis Presley. Unindo diversos ritmos como a country music e o rhythm & blues. O roqueiro de maior sucesso até então, Elvis Presley lançaria o disco, em 1956, Heartbreaker Hotel, atingindo vendas extraordinárias. Nesta década, outros roqueiros fizeram sucesso como, por exemplo, Chuck Berry e Little Richard.

O rock nos anos 60: rebeldia e transgressão

Esta fase marca a entrada no mundo do rock da banda de maior sucesso de todos os tempos : The Beatles. Os quatro jovens de Liverpool estouram nas paradas da Europa e Estados Unidos, em 1962, com a música Love me do. Os Beatles ganham o mundo e o sucesso aumentava a cada ano desta década.
A década de 1960 ficou conhecida como Anos Rebeldes, graças aos grandes movimentos pacifistas e manifestações contra a Guerra do Vietnã. O rock ganha um caráter político de contestação nas letras de Bob Dylan. Outro grupo inglês começa a fazer grande sucesso : The Rolling Stones.
No final da década, em 1969, o Festival de Woodstock torna-se o símbolo deste período. Sob o lema "paz e amor", meio milhão de jovens comparecem no concerto que contou com a presença de Jimi Hendrix e Janis Joplin.
Bandas de rock que fizeram sucesso nesta época : The Mamas & The Papas, Animals, The Who, Jefferson Airplane, Pink Floyd, The Beatles, Rolling Stones, The Doors.

O rock nos anos 70 : disco music, pop rock e punk rock

Nesta época o rock ganha uma cara mais popular com a massificação da música e o surgimento do videoclipe. Surge também uma batida mais forte e pesada no cenário do rock. É a vez do heavy metal de bandas como Led Zeppelin, Black Sabbath e Deep Purple. Por outro lado, surge uma batida dançante que toma conta das pistas de dança do mundo todo. A dance music desponta com os sucessos de Frank Zappa, Creedence Clearwater, Capitain Beefheart, Neil Young, Elton John, Brian Ferry e David Bowie.
Bandas de rock com shows grandiosos aparecem nesta época : Pink Floyd Genesis, Queen e Yes.

Anos 80 : um pouco de tudo no rock

A década de 1980 foi marcada pela convivência de vários estilos de rock. O new wave faz sucesso no ritmo dançante das seguintes bandas: Talking Heads, The Clash, The Smith, The Police.
Surge em Nova York uma emissora de TV dedicada à música e que impulsiona ainda mais o rock. Esta emissora é a MTV, dedicada a mostrar videoclipes de bandas e cantores.
Começa a fazer sucesso a banda de rock irlandesa chamada U2 com letras de protesto e com forte caráter político. Seguindo um estilo pop e dançante, aparecem Michael Jackson e Madonna.

Anos 90 : década de fusões e experimentações

Esta década foi marcada por fusões de ritmos diferentes e do sucesso, em nível mundial, do rap e do reggae. Bandas como Red Hot Chili Peppers e Faith no More fundem o heavy metal e o funk, ganhando o gosto dos roqueiros e fazendo grande sucesso.
Surge o movimento grunge em Seattle, na California. O grupo Nirvana, liderado por Kurt Cobain, é o maior representante deste novo estilo. R.E.M., Soundgarden, Pearl Jam e Alice In Chains também fazem sucesso no cenário grunge deste período.
O rock britânico ganha novas bandas como, por exemplo, Oasis, Green Day e Supergrass.

O Rock no Brasil

O primeiro sucesso no cenário do rock brasileiro apareceu na voz de uma cantora. Celly Campello estourou nas rádios com os sucessos Banho de Lua e Estúpido Cupido, no começo da década de 1960. Em meados desta década, surge a Jovem Guarda com cantores como, por exemplo, Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa. Com letras românticas e ritmo acelerado, começa fazer sucesso entre os jovens.
Na década de 1970, surge Raul Seixas e o grupo Secos e Molhados. Na década seguinte, com temas mais urbanos e falando da vida cotidiana, surgem bandas como: Ultraje a Rigor, Legião Urbana, Titãs, Barão Vermelho, Kid Abelha, Engenheiros do Hawaii, Blitz e Os Paralamas do Sucesso.
Na década de 1990, fazem sucesso no cenário do rock nacional : Raimundos, Charlie Brown Jr., Jota Quest, Pato Fu, Skank entre outros.

Encerro história do rock hoje (não literalmente), espero que tenham gostado, amanhã eu vou aparecer com as verdadeiras postagens do blog.